Via Internet

 

25/01/2016 - 09:02 | Fonte: CNJ

Serviço criado por tribunal atinge mais de mil servidores via Whatsapp

 
 

Projeto do Centro de Comunicação Social (Cecom) do Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO), o Zap Justiça foi destaque na edição de quinta-feira (21/1) do Jornal do Tocantins, o principal veículo impresso local. Usada para facilitar a comunicação interna do Judiciário, a ferramenta consiste na divulgação, por meio do aplicativo Whatsapp, de vídeos informativos gravados com a ajuda dos próprios servidores.

Há quase um ano em atividade, o Zap Justiça tem pelo menos duas edições semanais e busca levar informações úteis aos servidores e magistrados. Além de dicas de cursos e alerta para prazos que devem ser cumpridos, o Zap também traz mensagens e recados importantes para o público interno.

Na reportagem, a diretora do Cecom, Vanusa Bastos, ressaltou as novas tecnologias como ferramentas importantes no processo de desenvolvimento da comunicação institucional. “O que se viu foi a abertura de um espaço não apenas publicitário, mas principalmente de aproximação. É o que percebemos com o Zap Justiça, que além de manter os servidores informados de uma forma dinâmica ainda promove a integração”, frisou a gestora. A ideia, disse ela, foi desenvolver um canal de comunicação que acompanhasse as inovações tecnológicas, com recursos já consolidados, como áudio e vídeo, de modo diferenciada.

Projeto - Os vídeos são produzidos com a ajuda de um celular e editados em um notebook pela equipe do Cecom. O material, que a cada edição conta com a participação de um servidor, de acordo com o tema proposto, segue para os cadastrados via Whatsapp. A ferramenta foi implantada no Judiciário tocantinense em abril de 2015 e é utilizada na comunicação interna com mais de mil servidores já cadastrados.

Fonte: TJTO

 
 
0 Comentários
 


 

Filtro de Notícias

 





Busca nas Notícias