As características de um líder na comunicação: quais são elas?

Líderes são pessoas que se comunicam bem. Claro, isso é assim se pensarmos que o conceito de liderança vai muito além de cargos ou títulos. Um líder de fato é alguém que se expressa bem e transmite autoridade.

Por essas e outras razões, comunicação e inteligência emocional são definições que se mesclam entre si. Uma pessoa que se comunica bem é percebida como inteligente emocionalmente. Caso se expresse mal, sua imagem é significativamente afetada.

Quais são, então, as características de um líder, quanto à comunicação?

1 Equilíbrio

Nem excessos, nem faltas. A comunicação de um líder preza pelo equilíbrio: na abordagem, no humor, no que é dito pelo verbal e pelo não-verbal. Aliás, esse é um dos motivos pelos quais sua comunicação é tão relacionada à inteligência emocional.

Os tempos mudaram. Agora, pessoas que exercem cargos de liderança estão muito mais expostas do que há alguns anos. Qualquer sinal de desequilíbrio tem uma repercussão enorme e interfere na imagem que se transmite.

2 Clareza

Fala-se muito sobre clareza na comunicação. No entanto, essa é uma das características mais difíceis de se adquirir: abordar necessidades e transmitir informações sem quaisquer tipos de ruídos.

Um líder é alguém que se expressa de uma maneira clara e isso, por si só, já o torna um grande facilitador, seja dentro de uma empresa ou em qualquer outro contexto de atuação.

Comunicar-se com clareza é algo que afeta positivamente todos ao redor. Projetos são feitos de forma mais otimizada, poupam-se tempo, estresse e energia com informações bem estruturadas e diretas.

3 Escuta ativa

Liderança se trata de fala, na maior parte do tempo. No entanto, agir como um líder não se resume a se expressar bem, com clareza e no timing correto. Ser líder também implica em saber ouvir ativamente.

Ao ouvir ativamente (e atentamente), o líder entende as necessidades de sua equipe, antecipa problemas antes de que se tornem maiores e incita ao diálogo, exercendo um impacto positivo no ambiente que o rodeia.

4 Feedbacks construtivos

Profissionais que têm medo de receber feedbacks podem ter tido experiências negativas. Os líderes, por outro lado, têm o desafio de fazer desses momentos uma oportunidade para um diálogo direto e que seja construtivo.

Um líder, ao dar feedbacks, evita personalizações, foca na produção (e não no indivíduo) e, sobretudo, traça metas para médio prazo. Não se concentra apenas no que já passou, mas insere esse passado em um contexto mais amplo e otimizado.

5 Adaptação da mensagem

O líder dialoga com diferentes perfis: profissionais de cargos e know-hows muito distintos entre si. Em todas essas situações, consegue manter o mesmo nível de expressividade e qualidade na comunicação.

Como? Adaptando sua fala para que ela tenha sentido no contexto e para aquele público específico. Dessa forma, criam-se relações mais sólidas, além de potenciar a imagem de autoridade e liderança.

 

Fonte:

www.thespeaker.com.br

 

Comentários (0)
Adicionar comentário