O esporte como fenômeno social

A influência dos desportos na vida
em geral tem crescido no mundo quase inteiro, com reflexos diretos na educação
e no cotidiano da maioria dos povos. Essa influência é sentida aqui e acolá,
seja no vocabulário adotado pelos autores em seus livros, discursos ou
pareceres.

Nos dias de hoje, não se pode
negar, nos dias de hoje, que o esporte é um fenômeno social[1],
sendo um forte fator de interação social, seja por meio do intercâmbio ou de
competição interna. Registre-se, que segundo o Professor João Lyra Filho “a
influência social e as aptidões culturais concorrem até mesmo para o advento de
novos ramos desportivos. A valorização dos desportos será tanto maior quanto
mais extensa a valorização cultural do homem. A vida de cada desporto
prolongar-se-á na medida em que se intensificar o poder de atração das classes
populares.”

Assim, o desporto como meio de
integração humana, caracterizado no processo educativo pleno, revela-se um
fenômeno social importante, capaz de unir pessoas, classes, países, continentes
e inimigos; neutralizando as divergências ideológicas e amenizando os ódios e
as posições políticas divergentes. Sem dúvida, ambos assumem o caminho mais
curto e com o menor número de óbices para o desenvolvimento do espírito
solidário e da formação da consciência integrada na comunidade, conjugando,
como já dito anteriormente, pessoas com condições culturais, sociais e
econômicas mais adversas. Aqui, vale transcrever René Maheu, para quem : “…o
desporto é um fator de equilíbrio entre o espírito e o corpo, a afetividade e a
energia, o indivíduo e o grupo”.

O desporto, como meio de
humanização, deverá ser implementado em consonância e integração com os
instrumentos educacionais postos à disposição da sociedade e, não à sua margem.
Assim, dever-se-á combater o elitismo do esporte, fazendo que toda a sociedade
tenha acesso a qualquer modalidade desportiva, independentemente de sua classe
social.


Notas:

[1] O Professor
Ronaldo Helal, em seu livro “O QUE É SOCIOLOGIA DO ESPORTE”, Editora
Brasiliense – São Paulo-SP, 1990, afirma o esporte como fenômeno social é
facilmente constatado nas seções dos jornais de grande circulação.


Informações Sobre o Autor

Rogério José Pereira Derbly

Advogado; Ex-Assessor Jurídico das Secretarias Municipais de Urbanismo e Meio Ambiente do Município do Rio de Janeiro 1995-2001


O Inferno São os Outros

Se fizéssemos uma lista das pessoas que odiamos a nossa volta qual seria o tamanho dessa lista? A verdade é que muitas vezes não...
MariaEduarda
2 min read

Da Negação da Alteridade a Violência: Uma Reflexão Sobre…

Luiz Tiago Vieira Santos   “As condições sob as quais sou compreendido, sob as quais sou necessariamente compreendido – conheço-as muito bem. Para suportar...
MariaEduarda
7 min read

A “cacocracia” brasileira e os “vinte centavos” indignação democrática:…

"Puedes engañar a todo el mundo algún tiempo. Puedes engañar a algunos todo el tiempo. Pero no puedes engañar a todo el mundo todo...
AmbitoJuridicoOld
8 min read

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *