Como escolher um bom advogado

É possível que nenhuma pessoa comum tenha o desejo de precisar se envolver em processos jurídicos, contudo, ainda que contar com um advogado é algo que esperamos nunca ter que precisar, é quase inevitável não precisar da ajuda de um destes profissionais em algum momento ou situação ao decorrer da vida.

Seja para uma assessoria ou para que um deles seja seu representante legal em algum caso, é preciso saber que, ao contrário do que muitos podem imaginar, o âmbito legal é extremamente diversificado e para conseguir o melhor resultado quando se solicita um advogado, é preciso saber qual é a ramificação que mais convém em cada caso.

No Brasil, contabiliza-se que existem atualmente 1,2 milhões de profissionais cadastrados na OAB, o que significa em uma média de 1 advogada para cada 190 habitantes brasileiros. É notável que a demanda não é um problema, mas afinal, o que faz um advogado ser considerado de fato um bom advogado? A resposta para isso pode ser mais complexa do que você imagina e por isso, neste artigo você confere algumas dicas para ficar atento na hora escolher o melhor advogado para seu caso em específico.

Qualificações e relacionamento

Antes de começar qualquer contato, bons advogados já disponibilizam seu número de credenciamento na OAB e com o fácil acesso a informação que se tem hoje em dia, não é difícil de se pesquisar o estado e a veracidade do mesmo. É importante confirmar isto, pois, somente advogados registrados na OAB poderão te representar legalmente e orientar de maneira correta cada caso. Soa até mesmo irônico contar com um advogado que não está de acordo com a legalidade.

Se você já confirmou que o advogado em questão possui sua OAB validada, outro ponto que pode passar despercebido é o trato pessoal que o mesmo ou a pessoa encarregada de conduzir os primeiros contatos oferece. Ninguém gosta de ser mal atendido, muito menos quando se trata de algo importante como a condução ou assessoramento para um tema legal.

Se o advogado que você está entrando em contato tratar você e toda a situação com atenção e envolvimento, é provável que este seja o modo que opera também nos temas legais o qual está sendo solicitado, sendo uma maneira simples, mas eficaz de identificar o grau de seriedade e profissionalismo que conduz seus processos.

Ter confiança no advogado com o qual você está contactando é fundamental, ainda mais levando em conta que esta pode ser a primeira de uma duradoura e mutuamente benéfica relação entre ambos, afinal você deve sentir firmeza quando se referir ao “meu advogado” e deve conseguir ter intimidade e confiança no profissional para conseguir falar abertamente de detalhes importantes ao decorrer do caso.

Preço

Em muitos casos é o principal motivo de escolha de qual profissional contratar, contudo, apesar de ser um diferencial no momento de captar clientes na advocacia, os valores cobrados nem sempre são garantia de serviço de qualidade nem do resultado positivo de uma representação jurídica.

Advogados que não possuem seus escritórios em grandes centros comerciais, tendem a cobrar mais barato por não precisarem dedicar um grande valor de sua renda em um aluguel, caro, por exemplo.

Desconfie de preços muito abaixo do normalmente praticado e pesquisar a média da sua região é sempre o melhor a se fazer antes de fechar contrato com um profissional. Valores muito altos também têm de ser levados em conta, nem sempre vale a pena pagar caro em casos que provavelmente serão facilmente resolvidos.

Área de atuação

Como já dissemos anteriormente, existe uma infinidade de frentes as quais um advogado pode se especializar em seu trabalho e é preciso identificar qual a vertente que seu processo ou situação necessita. Caso não haja realmente ideia alguma de que especialidade jurídica será necessário em sua situação em específico, sempre se pode recorrer a um advogado generalista ou buscar um escritório de advocacia com uma maior estrutura que poderá indicar o seu caso para um profissional adequado.

Ainda assim, é indicado que seja feita uma pesquisa prévia para se ter conhecimento sobre qual especialização será usada e assim poder procurar um profissional que se dedica a esta área e possui experiência na mesma.

Se seu caso tem a ver com a regularização de imóveis, busque um advogado especializado em ações imobiliárias; se quer resolver assuntos de uma separação, um advogado especializado em divórcios é o mais indicado e assim sucessivamente para cada motivo que for necessário.

Suas chances de ser melhor representado e assessorado é encontrando um profissional que se dedica quase que exclusivamente a casos similares ao seu, podendo aplicar sua experiência adquirida em outros casos para resolver de forma mais eficiente o seu caso.

Isso não quer dizer que outros profissionais generalistas não possam fazer uma representação ou assessoria para outros temas, mas é provável que um profissional atuando em sua área de expertise tenha mais recursos e se sinta mais à vontade para trabalhar no seu caso.

Localização e estrutura

Hoje já é possível solicitar quase qualquer todo tipo de serviço de forma online e, ainda que seja viável solicitar assessoramento jurídico a um profissional de outro estado, quando falamos de representação jurídica, se faz sim necessário que o profissional esteja ao menos situado no mesmo estado dos órgãos competentes que farão o prosseguimento do caso.

Procurar um profissional da sua região é recomendável para que este possa cumprir os prazos e representações nos órgãos locais, além de facilitar seu encontro com ele ocasionalmente. Nenhum contato online se compara ao presencial.

Vale a pena verificar o tipo de estrutura disponível pelo profissional. Não são todos os casos que serão necessários vários advogados e incansáveis horas de trabalho para entregar a melhor representação possível, mas se seu caso for consideravelmente complicado e cheio de minúcias, pode ser mais indicado contar com escritório de advocacia com mais estrutura e pessoal para te representar.

Podem ser poucos os casos que se faz necessário um grupo de advogados por caso, mas claro, duas cabeças geralmente pensam melhor que uma.

Com estas dicas, você provavelmente vai conseguir encontrar um bom advogado para te ajudar em seu caso.

Quer ficar atualizado das principais notícias da semana? Clique aqui para receber atualizações no seu e-mail!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

LEITURAS RECOMENDADAS

Cassinos no Brasil: da origem aos dias atuais

Quer ficar atualizado das principais notícias da semana? Clique aqui para receber atualizações no seu e-mail! Os cassinos no Brasil já foram sinônimo de luxo, poder e diversão. O até hoje famoso hotel Copacabana Palace foi, originalmente, um cassino. E

Compliance para startups cresce, mas exige cuidados

Quer ficar atualizado das principais notícias da semana? Clique aqui para receber atualizações no seu e-mail! Especialista aponta caminhos para um desenvolvimento sólido A quem acredite que as práticas de Compliance devem ser atribuídas exclusivamente às grandes corporações e aos