Dívida ativa de igrejas de SP soma R$ 464 mil

0

Maiores devedoras, 500 empresas possuem débitos de mais de R$162 bi com o estado

Um levantamento realizado nesta quinta-feira (30/04) pelo Sindicato dos Agentes Fiscais de Rendas do Estado de São Paulo (Sinafresp) aponta que R$464,1 mil deixaram de ser destinados aos cofres públicos estaduais, referentes à falta de pagamentos de impostos como ICMS (em itens ou serviços vendidos) e IPVA das igrejas. Da dívida, cerca de 87% está ligada à Igreja Universal do Reino de Deus (R$ 402,5 mil) sendo que o montante atual que as igrejas acumulam em dívida com a União ultrapassa R$1,6 bilhão.

O Sinafresp se posiciona contrário a qualquer perdão de dívida concedido por parte do governo para igrejas ou empresas, relacionado ao pagamento de tributos. Em São Paulo, as 500 empresas com maiores débitos com o estado já devem mais de R$ 162 bilhões aos cofres públicos. Como base de comparação, em 2019, a receita tributária anual do Estado de São Paulo foi de R$ 173 bilhões.

Atualmente, o maior devedor é a empresa ‘Drogacenter Distr Medicamentos LT’ com R$4,2 bilhões em dívidas. O campeão da quantidade de débitos ativos é o ‘Santander Leasing S/A A. Mercantil’ com 79,3 mil, ocupando a 336 posição no ranking. Confira o top 10 abaixo:


O  diretor do Sinafresp Leandro Ferro critica a pressão exercida pelo presidente Jair Bolsonaro para que o Fisco ‘resolva’ isso em troca de apoio político. “Empresas que já contam com benefícios fiscais e igrejas que têm imunidade de diversos impostos tentam todos os anos afrouxar ainda mais as obrigações tributárias ou anistiar seus débitos. Medidas como essas esvaziam o orçamento que poderia ser destinado à educação, à segurança, e principalmente, neste momento, ao enfrentamento da crise da Covid-19. Assim como a Polícia Federal, os órgãos de arrecadação precisam de independência para atuar de forma efetiva, sem interferência política”, afirma.

Sobre o Sinafresp

SINAFRESP, sindicato que representa os Agentes Fiscais de Rendas do estado de São Paulo, servidores de carreira de estado responsáveis pela arrecadação tributária e o combate à sonegação.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais Aceitar Leia mais