INPI registra eficiência elevada, mesmo com a pandemia de COVID-19

Você gostaria de escrever e publicar no Âmbito Jurídico? Clique aqui para se cadastrar.

O órgão registra números de decisões de deferimento e indeferimento mais altos desde janeiro de 2019.

A partir de julho de 2019, o Instituto Nacional da Propriedade Industrial – INPI implementou o plano de combate ao backlog de patentes, visando a redução do número de pedidos de patente pendentes. Desde então, o desempenho do INPI vem melhorando substancialmente. Um exemplo é o total de decisões de deferimento ou indeferimento no ano passado foi aproximadamente 230% superior em relação a 2014, saindo de 6.074 decisões em 2014 para 20.332 decisões em 2019.

Segundo o presidente do Grupo Marpa – Marcas, Patentes, Inovações e Gestão Tributária, Valdomiro Soares, analisa positivamente a atividade do órgão. “É fundamental que esse processo seja, inclusive, cada vez mais ágil, ainda mais agora que estamos enfrentando uma crise mundial sem precedentes. São com as marcas, patentes e inovações que a nossa economia é alavancada, pois sem produtos e registros dos mesmos no mercado não se ocorrem as vendas e a rotatividade do dinheiro em sociedade. O prazo ágil também vai beneficiar inúmeros empresários e inventores que estão com suas ações de pedidos de registros no órgão”, analisa.

“Desde março de 2020, os colaboradores do INPI trabalham totalmente de forma remota e o desempenho continua positivo. Como em março, que o número de decisões de deferimento e indeferimento é o mais alto desde janeiro de 2019. Um ótimo sinal e um alento para os empresários do setor”, conclui.

Você gostaria de escrever e publicar no Âmbito Jurídico? Clique aqui para se cadastrar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

LEITURAS RECOMENDADAS

O que é ETIAS e qual seu impacto nas viagens para a Europa?

Introdução Você gostaria de escrever e publicar no Âmbito Jurídico? Clique aqui para se cadastrar. O ETIAS está em vias de entrar em plena operação e as autorizações eletrônicas a serem emitidas através desse sistema vão se tornar obrigatórias para

A retenção de passaportes e os meios atípicos de execução

Você gostaria de escrever e publicar no Âmbito Jurídico? Clique aqui para se cadastrar. Atualmente, muito se discute sobre as medidas atípicas adotadas pelo Poder Judiciário com o objetivo de dar maior efetividade ao processo de execução por meio do