Nextcode projeta triplicar receita pelo segundo ano consecutivo

Quer ficar atualizado das principais notícias da semana? Clique aqui para receber atualizações no seu e-mail!

Mesmo em meio à crise ocasionada pelo surto de coronavírus, a startup de Onboarding Digital, que conta com grandes investidores, planeja crescimento expressivo para 2020

Nos últimos anos, o número de startups vem crescendo de forma acerelada no Brasil e em todo o mundo. Para se ter uma ideia, de acordo com dados levantados pela Associação Brasileira de Startups (Abstartups), de 2015 até 2019, o número de negócios deste segmento no país mais que triplicou, passando de 4.151 para 12.727 – o que representa um salto de 207%.

Em diferentes setores da economia, as startups vêm com o objetivo de proporcionar tecnologia e novos modelos de negócio para o ecossistema corporativo e para a sociedade como um todo. Nesse sentido, a Nextcode, empresa de Onboarding Digital e responsável pela validação através de análise das informações de documentos de identificação e comparação entre foto do documento e selfie, vem ganhando visibilidade e espaço no mercado, mesmo em meio à crise econômica que o país enfrenta.

De acordo com Fabrício Beltran, fundador e CTO da Nextcode, a empresa projeta crescimento para 2020 de 300% no ano e, com isso, triplicará seu faturamento pelo segundo ano consecutivo. “Temos trabalhado muito para ir na contramão do que acontece com o setor corporativo como um todo. Além disso, contamos com grandes parceiros, o que tem sido essencial para o nosso desenvolvimento”, destaca.

Hoje, a Nextcode conta com o apoio de grandes investidores, como a aceleradora Plug and Play Tech Center e a Darwin Startups, e investidores individuais, como o Conrado Engel, ex-presidente do HSBC no Brasil, e a Monica Herrero, ex-CEO da Stefanini Brasil. “Um ponto importante a destacar é que temos visto muitas rodadas de investimento em startups, mesmo em tempos de Covid-19, e isso nos deixa ainda mais animados, pois estamos focados em alcançar valores que superam o investimento de estágio seed de captação em faturamento à Nextcode”, comenta Beltran.

Com captação pre-seed, a empresa atingiu o breakeven, mesmo em meio à pandemia, e está reinvestindo em novas contratações para otimizar ainda mais suas operações. “Estamos investindo na atualização de nossas APIs com aceite de novos documentos de identificação, como documentos de ordem ou conselhos federais, RNE e carteira de trabalho, e documentoscopia automatizada sem nenhuma intervenção humana”, pontua o executivo.

Além disso, o executivo reforça que outro fator importante para esse momento de scale-up da empresa é a expertise e experiência na área de bancos múltiplos que os fundadores adquiriram ao longo de suas carreiras, o que os motivou a construir um serviço eficiente, seguro e de alta escalabilidade.

Com início de suas operações em setembro de 2017, a companhia é uma facilitadora para bancos, contas digitais, fintechs, plataformas de investimento, car sharing, varejo e transporte de grãos, possuindo em sua carteira de clientes grandes instituições bancárias e corretoras. Com suas soluções de Onboarding Digital, realiza a validação e verificação de documentos processados em até 15 segundos.

 

Cuidado com os dados armazenados

Para garantir maior proteção, recentemente a Nextcode contratou um Seguro de Dados CyberEdge. Para tanto, passou por um processo de implementação de governança corporativa e políticas diversas para se adequar e ficar em compliance protegendo tanto a companhia quanto seus clientes.

De acordo com Luiz Penha, fundador e COO da Nextcode, o seguro garante todo o mapeamento de dados, minimizando quaisquer riscos que envolve a proteção de dados. “Mesmo com a postergação da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), entendemos a necessidade de oferecer segurança à empresa e aos nossos clientes. A Nextcode tem em seu DNA a preocupação com o tráfego de informação”, finaliza.

 

Sobre a Nextcode

DSC 4234
Luiz Penha é COO, e Fabrício Beltran é CTO da empresa.

As empresas que realizam o processo de onboarding por meios digitais, cada vez pediam por tecnologias mais seguras e eficientes. Ou seja, o meio de cadastramento, envio de documentos e primeira relação de empresa-cliente, que agora é feito online, precisa de uma garantia de relações confiáveis entre duas partes, cliente e empresa. O processo de onboarding digital resulta em diversos fatores positivos, como a maior abrangência de clientes, escalabilidade, economia de verba humana, maior agilidade e precisão, e diminuição de erros humanos. Os serviços da Nextcode realizam o processo de onboarding digital.

Quer ficar atualizado das principais notícias da semana? Clique aqui para receber atualizações no seu e-mail!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

LEITURAS RECOMENDADAS

Revista Âmbito Jurídico nº 222 – Ano XXV – Julho/2022

Quer ficar atualizado das principais notícias da semana? Clique aqui para receber atualizações no seu e-mail! ISSN – 1518-0360 Direito Administrativo O Alto Custo Da Corrupção Na Saúde Pública Dos Brasileiros – Kathleen Gomes Silva  Direito Civil Tutela Jurisdicional da