Veículo penhorado é liberado por causa de tratamento médico

0

A 12ª Câmara do Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo, em recente decisão, declarou a impenhorabilidade de veículo utilizado pelo devedor para deslocamento ao tratamento médico. A decisão – em recurso de agravo de instrumento – além de excepcional, foi justa e correta, possibilitando a manutenção do tratamento médico que a parte necessita, conforme destacam Luis Borrozzino, sócio do Miglioli e Bianchi Advogados e sua associada, a advogada Amanda Valentin.

De acordo com a decisão do TJSP, em que pese o veículo não se enquadrar no rol de bens impenhoráveis indicados no Código de Processo Civil, nem ser um bem essencial ao exercício da profissão do seu proprietário, o recurso mereceu provimento por se enquadrar em situações específicas nas quais a Jurisprudência tem reconhecido a possibilidade de mitigação da taxatividade do rol de bens impenhoráveis, quando verificada a essencialidade do bem para fins de manutenção da subsistência do devedor, em observância ao princípio da dignidade da pessoa humana:

“O agravante demonstrou a situação delicada de sua saúde, posto ter sido diagnosticado com Insuficiência Renal Crônica, Hipertensão Arterial Sistêmica e Trombose Venosa Profunda, além de fazer uso de bolsa de colostomia, bem como, também comprovou que a manutenção de sua saúde depende de acompanhamento médico regular, além de tratamentos específicos, realizados em hospitais e clínicas para realização de sessões de hemodiálise”.

Para Luis Borrozzino, a inédita decisão se mostra em sintonia com o STJ e com os princípios constitucionais, especialmente da dignidade da pessoa humana, afinal de contas, reconheceu a impenhorabilidade do veículo para que o tratamento médico do devedor seja mantido em detrimento da dívida cobrada.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais Aceitar Leia mais