Conheça seus direitos e deveres ao cancelar o seguro do carro

Anda pensando em cancelar o seguro do carro? Saiba os deveres que você deve cumprir para evitar problemas, e seus direitos na transação.

A contratação de um seguro é um acordo importante entre segurado e seguradora. Por isso, ao cancelar a proteção, o usuário tem deveres — e direitos! É sobre isso que falamos logo abaixo.

Esse conteúdo ajudou você? Está precisando comprar um livro?  Clique AQUI e vá direto para Livraria do Âmbito Jurídico!

Mas antes de te contar sobre isso, é importante dizer que o cancelamento também pode ser feito por parte da seguradora.

Quando isso acontece, a empresa deverá informar o usuário com antecedência. Assim, ele poderá buscar uma solução ou contratar um novo seguro.

O cancelamento do seguro pela seguradora geralmente acontece:

  • Pela comprovação de fraude na contratação do seguro (como quando o usuário dá à empresa informações inverídicas); e pela
  • Falta de pagamento das parcelas do seguro.

Dito isso, é hora de te contar sobre seus direitos e deveres ao cancelar o seguro por sua iniciativa. Veja abaixo!

Quais os deveres ao cancelar o seguro do carro?

Não são muitos os deveres do segurado ao cancelar o seguro do carro. Na verdade, é importante apenas realizar o pedido formal do cancelamento.

Para isso, será preciso ligar para a empresa ou o seu corretor, e informar do seu desejo. Após esse contato, você receberá uma carta com os termos do cancelamento.

Será preciso assinar essa carta e direcioná-la à seguradora. Esse passo é importante porque vai atestar a veracidade do pedido.

Ao receber o documento, a companhia dará um fim ao seu contrato de seguro.

Vale dizer que esse passo a passo fica listado na apólice do seguro, e que ele pode ter mais uma ou outra etapa simples, dependendo da seguradora.

É essencial conhecer todas essas informações logo na contratação do seguro. Assim, você terá maior certeza de cumprir todos os seus deveres no cancelamento.

Cancelei o seguro. Quais os meus direitos?

As dúvidas sobre o cancelamento de um seguro geralmente se concentram nos seus direitos. Afinal, você não quer ter prejuízos, certo?

Pensando nisso, listamos seus principais direitos logo abaixo. Acompanhe!

Não existem multas

Dificilmente as seguradoras cobram multa ou uma taxa extra para o cancelamento do seguro auto. A menos que isso tenha sido indicado na apólice.

Se for este o caso, você terá concordado com a cobrança ao contratar a proteção. Então, precisará pagá-la para finalizar o contrato.

A dica é pesquisar bem a empresa. Assim, você poderá escolher entre as melhores seguradoras de carro e garantir que terá boas condições se for preciso cancelar o seguro.

Reembolso do prêmio do seguro

Ao cancelar o seguro auto, você não terá usufruído da proteção por todo o tempo contratado. Então, terá direito ao reembolso de parte dos valores, de forma proporcional.

Por exemplo: você pagou seu seguro à vista, totalizando R$ 1.200,00. Isso significa que, na sua apólice anual, a proteção em cada mês teria custado R$ 100,00.

No entanto, você resolveu cancelar o seguro após seis meses de contrato. Como ainda restariam seis meses de proteção, a seguradora fará o reembolso de R$ 600,00.

Bônus do seguro

Para acumular uma classe de bônus, o segurado precisa completar 12 meses de seguro sem ter sofrido um sinistro com o carro.

Ao cancelar o seguro antes deste período, o motorista acaba por não completar o tempo necessário para uma nova classe.

Ainda assim, ele manterá as classes de bônus que acumulou. Por isso, poderá utilizá-las normalmente para a contratação de outro seguro, obtendo desconto.

E então, está mais seguro sobre os seus direitos e deveres ao cancelar o seguro do carro?

Por Jeniffer Elaina, do SeguroAuto.org

Fontes: https://www.smartia.com.br/blog/cancelar-o-seguro-do-carro

https://procon.to.gov.br/perguntas-e-respostas/seguros/

Esse conteúdo ajudou você? Está precisando comprar um livro?  Clique AQUI e vá direto para Livraria do Âmbito Jurídico!

Covid-19 e a aplicação das teorias da imprevisibilidade e…

Neibo Aparecido Ferraresi – Advogado, Pós-Graduado em Direito Processual Civil. ([email protected]) Resumo: O artigo aborda a discussão quanto à aplicação das teorias da imprevisão...
MariaEduarda
14 min read

A Competência Dos Juizados Especiais Cíveis Para Julgar Causas…

Luma Diniz Dos Santos Alves Rubens Alves da Silva Esse conteúdo ajudou você? Está precisando comprar um livro?  Clique AQUI e vá direto...
MariaEduarda
14 min read

Direito de Arrependimento: Análise Comparativa da Legislação Consumerista do…

Bruno Alves Lima – Acadêmico de Direito pelo Centro Universitário Santo Agostinho (UNIFSA), EMAIL: [email protected] Edilson Gonçalves Guimarães Júnior – Acadêmico de Direito pelo...
MariaEduarda
25 min read

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *