Belo Horizonte recebe capacitação nacional em práticas colaborativas

Evento reunirá palestrantes renomadas e promete atrair participantes de regiões vizinhas

Entre os dias 5 e 7 de março de 2020, Belo Horizonte sediará a 16ª Capacitação Nacional em Práticas Colaborativas. O evento é realizado em todo o Brasil pelo Instituto Brasileiro de Práticas Colaborativas – IBPC – e organizado nesta edição pelo Escritório Giordano Bruno Advocacia de Família. O foco é demonstrar a possibilidade de realização das práticas colaborativas principalmente nas questões de Direito de Família, mas também nos âmbitos cível e empresarial. A programação trará dinâmicas, ferramentas que auxiliem o profissional a definir um público alvo e verificar, no caso concreto, se este é o método mais adequado para a gestão do conflito.

O evento será realizado no Hotel Mercure – Lourdes e pretende reunir profissionais de Minas Gerais e estados vizinhos. Entre o público esperado estão advogados, profissionais de saúde mental (terapeutas familiares, psicólogos, entre outros), consultores financeiros e especialistas infantis.

Práticas colaborativas

As práticas colaborativas são uma metodologia de resolução extrajudicial dos conflitos jurídicos, na busca de acordos sustentáveis, pautados no diálogo e no protagonismo dos envolvidos.

Essa metodologia foi vencedora da X Edição do Prêmio Innovare na categoria Advocacia com o texto “Práticas Colaborativas no Direito de Família”, como reconhecimento do potencial de harmonização do sistema familiar e autonomia dos seus membros e uma consequente desjudicialização dos conflitos de natureza subjetiva e interpessoal.

 

Palestrantes

Um corpo de palestrantes especialistas vem a BH para o evento:

OLIVIA FÜRST, Advogada Colaborativa e Mediadora de Conflitos; Presidente do Instituto Brasileiro de Práticas Colaborativas – IBPC; Docente certificada pela International Academy of Collaborative Professionals – IACP; Membro da Comissão de Práticas Colaborativas da OAB/RJ; Membro da Comissão de Mediação do IBDFAM; Autora da prática vencedora da X Edição do Prêmio Innovare na categoria advocacia; autora de artigos, docente e palestrante.

MONICA LOBO, Psicóloga, Mediadora de Conflitos, Pedagoga com especialização em Psicopedagogia e Terapia Familiar, capacitada em Práticas Colaborativas; co-autora dos livros Histórias dramáticas- terapia breve para famílias e terapeutas; Além do paraíso- morte e ressurreição da família e Minha família e meu dinheiro  ( Ed. Núcleo-Pesquisas RJ)

MARÍLIA CAMPOS OLIVEIRA E TELLES, Advogada colaborativa e Mediadora de família;  Especialista em Direito de Família e Sucessões pela Escola Paulista de Direito – EPD; Diretora do Instituto Brasileiro de Práticas Colaborativas – IBPC; Docente certificada pela International Academy of Collaborative Professionals– IACP; Coordenadora da obra conjunta “Problemas da Família no Direito”, autora de artigos jurídicos e contos de ficção.

MARIA IZABEL MONTENEGRO, Mediadora de conflitos; Administradora de empresas; MBA em Finanças Corporativas; Experiência em estruturação e reestruturação de empresas; capacitada em Práticas Colaborativas; Docente certificada pela International Academy of Collaborative Professionals – IACP

As vagas são limitadas e as inscrições a preço promocional podem ser feitas pelo link:

bit.ly/capacitacaobh

Dúvidas informações pelos contatos:

[email protected]br

31 3565 8442 | Celular : 31 9 9884 4942

 

Gestão privada de parques públicos pode representar riscos, alerta…

Em publicação no Diário Oficial nesta semana, decreto incluiu o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, o Parque Nacional de Jericoacoara e o Parque Nacional...
MariaEduarda
2 min read

Queda nos juros impulsiona retomada na construção civil

*Mayk Souza Aumentou em 23% o número de lançamentos imobiliários no terceiro trimestre de 2019, já as vendas subiram 15% em comparação com 2018....
MariaEduarda
58 sec read

Entenda a importância da capacitação para funcionários da gestão…

A preocupação com o desenvolvimento profissional é uma realidade cada vez mais valorizada em nossa sociedade. Isso não seria diferente na capacitação pública. De...
MariaEduarda
8 min read

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *