Pesquisa mostra que ter um seguro auto compensa mais em caso de acidentes

Bater o carro, por si só, é uma questão que deixa os motoristas incomodados. Além de causar estresse na hora, o episódio também pode prejudicar o veículo, gerando ainda custos para fazer os reparos. No entanto, para quem tem seguro auto o problema nem é tão grande, segundo pesquisa da Smartia Seguros.

O serviço pode cobrir os valores gastos em funilaria, faróis, capô e muito mais. Embora seja um valor mensal — pago até mesmo sem que haja um acidente —, o seguro auto vale mais a pena do que deixar o automóvel à própria sorte.

Para se ter uma noção, o gasto médio para consertar um HB20 é de R$ 1.923,19. Já o seguro para o mesmo veículo gira em torno de R$ 2.039,48 a R$3.408,60, dependendo da localidade e do perfil do motorista.

Porém, esse valor não vale apenas para uma situação de emergência. O seguro oferece ainda cobertura contra roubo e furto, danos por fenômenos naturais, carro reserva, guincho e outras vantagens.

Imagem: Getty Images

Para outros consertos automóveis, o valor também pode assustar. A média do serviço de funilaria é de R$ 1.500 a R$ 7 mil, enquanto a revisão elétrica pode chegar a R$ 4 mil. Vale notar que esses custos podem estar inclusos no seguro.

Se, mesmo assim, o motorista quiser economizar, a dica é parcelar o valor da proteção. Também é importante escolher o seguro que atenda às necessidades. É isso o que afirma Jennifer Elaina, especialista em seguros e gerente de conteúdo e SEO do site da Smartia Seguros. “Não faz sentido, por exemplo, contratar um serviço que oferece 15 dias de carro reserva, se você possui dois veículos na garagem e pode facilmente ficar somente com um, caso algum dia precise”, destaca.

Fontes: Smartia Seguros e Tex

Esse conteúdo ajudou você? Está precisando comprar um livro?  Clique AQUI e vá direto para Livraria do Âmbito Jurídico!

Benefícios do Insulfilm: por que instalar películas em seu…

A procura por Insulfilm – tanto para veículos quanto para imóveis residenciais e comerciais – vem crescendo significativamente nos últimos tempos. Se você chegou...
AmbitoJuridico
3 min read

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *