Empinar moto pode dar multa?

0

Se você é motociclista e adora fazer manobras com sua moto, é melhor ter cuidado.

O motivo? O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) proíbe as condutas consideradas perigosas no trânsito. E a manobra de empinar moto é uma dessas condutas!

Isso significa que, se você for flagrado empinando sua moto, poderá ser penalizado com duras medidas. A não ser que esteja em um evento de manobras autorizado pelas autoridades, por exemplo.

Para ver quais são as penalidades por empinar moto, confira a leitura deste artigo até o fim e informe-se, condutor!

Empinar moto pode dar multas?

Pode. O CTB estabelece as condutas que, por trazerem riscos ao condutor e aos passageiros, são consideradas infrações de trânsito e, logo, estão proibidas. Uma dessas infrações é, justamente, a de empinar moto.

Para saber mais sobre ela, é importante verificar o que diz o art. 244, inciso III, do CTB. De acordo com ele, conduzir motocicleta equilibrando-se apenas em uma das rodas é uma infração. Isto é, empinar moto é uma conduta proibida pela legislação.

A natureza dessa infração, segundo o mesmo artigo, é gravíssima. As penalidades para o condutor incluem a multa no valor de R$ 293,47 e, ainda, a suspensão do direito de dirigir, ou, em outras palavras, a suspensão da Carteira Nacional de Habilitação. 

Como você pode ver, as consequências para quem empinar moto são rígidas e podem levar à suspensão do direito de dirigir por 12 meses. No entanto, o condutor autuado só estará obrigado a entregar a CNH se esgotadas todas as possibilidades de defesa.

Como recorrer de multa e suspensão por empinar moto?

Não é à toa que a conduta de conduzir motocicleta equilibrando-se em apenas uma das rodas é uma infração de trânsito. Afinal, ela é uma manobra perigosa e que pode causar riscos ao motociclista, aos outros condutores, passageiros, ciclistas e pedestres.

Por isso mesmo, o melhor é evitar fazer essa manobra, a não ser em eventos autorizados pelas autoridades de trânsito e se você tiver o conhecimento necessário para isso. Ainda assim, autuações podem ser feitas erroneamente. Por isso, veja como recorrer.

O recurso é o instrumento legal para que o motorista tente evitar a aplicação da multa e da suspensão do direito de dirigir. Ele é um direito de todos os condutores brasileiros e pode acontecer em até três etapas:

– Defesa Prévia:

A Defesa Prévia é o passo inicial para contestar a penalidade. Ela deve ser apresentada em prazo determinado na Notificação de Autuação e entregue de maneira online ou no endereço também informado nessa notificação.

A Defesa deve ser clara e objetiva, com uma argumentação curta e que se baseie em alguns aspectos técnicos, como se a Notificação de Autuação foi enviada no tempo correto ou se o Auto de Infração está todo completo e correto.

– Recurso em primeira instância na JARI:

A JARI é a Junta Administrativa de Recursos de Infração (JARI). O recurso nessa instância só precisa ser apresentado caso a sua Defesa Prévia tenha sido negada ou se, por alguma razão, você deixou de apresentá-la.

O seu recurso, aqui, pode ser um pouco mais aprofundado, com dados específicos do seu caso. Lembre-se de se pautar em algum artigo do CTB para fortalecer a sua argumentação.

– Recurso em segunda instância:

Se o recurso em primeira instância foi negado, a próxima etapa é entrar com recurso em segunda instância. É importante recordar que esse recurso só pode ser apresentado se o motorista entrou com o recurso em primeira.

Esta é a última possibilidade de recorrer, então, aqui, a argumentação precisa ser ainda melhor. Evite argumentos subjetivos e copiar modelos prontos de amigos ou disponíveis na internet.

Minha CNH foi suspensa por empinar moto, e agora?

Se você não leu este artigo a tempo e não recorreu ou, ainda, se recorreu, mas sua defesa foi negada em todas as instâncias, será necessário saber como agir daqui em diante e recuperar o seu direito de dirigir.

O primeiro passo é saber que você deve cumprir o prazo de suspensão de 12 meses. Caso insista em conduzir veículos automotores com a sua CNH suspensa, pode ter um problema ainda maior e ter o seu direito de dirigir cassado.

Depois de cumprido o tempo de suspensão, você deverá:

– Passar pelo Curso de Reciclagem, cumprindo as 30 horas/aula obrigatórias

– Ser aprovado no Exame final após o Curso de Reciclagem

– Pagar a multa

Cumpridos esses requisitos, você recupera o seu direito de dirigir e pode voltar a conduzir veículos normalmente.

Ficou com alguma dúvida sobre a infração de empinar moto? Se ficou, entre em contato com a minha equipe de especialistas. Vai recorrer? Contar com a orientação profissional será determinante. Pense nisso!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais Aceitar Leia mais