Especialista alerta que decisão do STF pode prejudicar produção brasileira

0

Para o presidente da Marpa – Marcas e Patentes, Valdomiro Soares, a ação que aumentaria o prazo das patentes em 10 anos poderia prejudicar a economia nacional

Em breve o Supremo Tribunal Federal julgará a Ação direta de Inconstitucionalidade (ADI) de número 5.529, que diz respeito à Lei de Propriedade Industrial (LPI). Na ocasião, o debate é sobre uma possível ampliação no prazo de vigência das patentes brasileiras devido a uma compensação pela demora na concessão do título, oriunda do INPI, Instituto Nacional de Propriedade Industrial. Segundo o presidente da Marpa- Marcas, Patentes, Inovações e Gestão Tributária, Valdomiro Soares, a ação pode prejudicar a produção brasileira de forma severa, pois o prazo que atualmente é de 20 anos poderia atingir 30 anos ou mais.

“Não existem pesquisas nacionais inovadoras e que atualizem o mercado de forma constante, logo, a manutenção do recurso atende aos interesses das multinacionais estrangeiras, o que prejudica muito a produção brasileira. Há casos, como no setor de Telecomunicações, que o impacto está relacionado com alta dinâmica e dependência tecnológica, que 20 anos ou mais já as tornam obsoletas. Tal ação iria frear as inovações e a indústria nacional” afirma o presidente. Segundo Valdomiro, cabe ao STF, alinhar a distorção para não prejudicar as patentes nacionais de diversas áreas.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais Aceitar Leia mais