Imóveis podem ter até 80% de desconto em leilões

valorizacao de imoveis

Descontos maiores são, geralmente, encontrados em imóveis leiloados por instituições financeiras

Adquirir um imóvel pode ser um dos maiores investimentos na vida de uma pessoa, mas muitas vezes os valores são responsáveis por adiar esse sonho. No entanto, uma alternativa que vem crescendo é a aquisição de imóveis por meio de leilões. Essa prática é vantajosa, uma vez que abre a possibilidade de adquirir propriedades a um preço significativamente menor em relação ao preço de mercado. 

 

Os leilões de imóveis dividem-se em duas categorias principais: judiciais e extrajudiciais. O primeiro tipo ocorre quando uma propriedade é leiloada por ordem do poder judiciário. Geralmente acontece quando existem dívidas não pagas ou inadimplência em financiamentos. Dentro dessa categoria, a legislação impõe um limite de 50% do valor de avaliação do imóvel para o desconto.

 

Já os leilões extrajudiciais costumam ser organizados por instituições financeiras que retomam imóveis devido à inadimplência nos financiamentos. Nesse caso, as possibilidades de desconto podem ser maiores, chegando a 80%. O valor pode variar muito e depende de diversos fatores. Esse aspecto dos leilões extrajudiciais os tornam uma opção mais interessante para quem deseja adquirir o primeiro imóvel e até para investidores. 

 

O CEO da Zuk, uma das principais empresas do setor, André Zukerman, elencou algumas vantagens do leilão imobiliário, em entrevista ao Estadão. “Sempre é bacana entrar em um leilão porque há muitas oportunidades de imóveis com preços abaixo do mercado. Se um imóvel vale R$ 100 mil, ele entra no leilão valendo menos. Quem compra um imóvel de leilão para morar faz um bom negócio.” 

 

Ele explica que os maiores descontos, geralmente, são encontrados em imóveis retomados por instituições bancárias. Em seguida, vêm os imóveis leiloados devido a pendências de condomínio, que apresentam um desconto médio de 40% em relação ao valor de avaliação.

O que é “valor vil”?

O “valor vil” é um termo que se refere a um imóvel que está com o preço de arrematação muito baixo. Isso acaba prejudicando o proprietário do imóvel e pode ocasionar até na anulação do leilão. 

 

O valor é estabelecido com base em cálculos que consideram a situação financeira do devedor, a dívida em questão e o valor de mercado do imóvel. Nos leilões extrajudiciais, o desconto em relação ao imóvel pode variar de 0% a 90%. 

 

Caso esse valor vil esteja mais próximo aos 0%, o imóvel pode ser arrematado por um valor muito próximo ao seu valor de mercado e os descontos são mínimos. Mas, se estiver mais perto de 90%, quer dizer que o imóvel pode ser adquirido com um desconto significativo. 

 

Porém, Eduardo Mendes, especialista em leilões de imóveis, explica a importância de estar atento aos valores dos imóveis. Em um vídeo no seu canal do YouTube, Eduardo enfatiza que entender o conceito de “valor vil” é essencial para avaliar se a compra de um imóvel em leilão representa um bom negócio. Ele esclarece que esse é um dos principais motivos para a anulação de um leilão, mesmo depois da arrematação. 

Como fazer uma aquisição segura em leilões de imóveis? 

Adquirir imóveis com desconto é uma ação vantajosa, mas ter cautela é essencial. Analisar o edital e compreender todos os termos e condições pode solucionar questões antes de adentrar nesse processo. Um profissional jurídico também ajuda a esclarecer eventuais peguntas, assim como é indicado procurar o leiloeiro responsável para sanar dúvidas.

 

Avaliar o estado do imóvel, quando possível, também pode ser uma medida de cautela antes da compra. Outra orientação é observar a localização e a vizinhança. Além disso, é importante estar ciente dos prazos e custos envolvidos em todo o processo. 

Onde encontrar leilões de imóveis?

Para participar de leilões imobiliários, existem muitas opções tanto online quanto presencialmente. É possível encontrá-los em plataformas virtuais que mostram centenas de resultados para leilão de imóveis Rio de Janeiro, por exemplo. 

 

Também é possível encontrar esses leilões com leiloeiros registrados, em bancos e instituições, em editais oficiais, com imobiliárias e corretoras, em órgãos públicos e outros espaços de divulgação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *