Márlon Reis, da Lei da Ficha Limpa, anuncia novo livro

Após o sucesso do primeiro livro, Márlon Reis assina contrato com Grupo Editorial Coerência para lançar “O Nobre Deputado 4.0”

Nascido em Tocantins e criado no Maranhão, o advogado e ex-juiz estadual Márlon Reis, levantou discussões no Brasil ao conseguir cerca de 1,3 milhão de assinaturas para o projeto da Lei da Ficha Limpa, lei que barra a candidatura de políticos com um crime registrado. Mas foi em um livro, publicado em 2014, que ele compartilhou várias artimanhas utilizadas nas eleições para ganhar eleitores, e agora, com novo livro pelo Grupo Editorial Coerência, revelará mais falcatruas dos bastidores da política brasileira.

Com mais de 40 mil exemplares vendidos, “O Nobre Deputado – Relato chocante (e verdadeiro) de como nasce, cresce e se perpetua um corrupto na política brasileira”, o livro de estreia do advogado, chamou a atenção de muitos brasileiros ao contar as artimanhas que políticos corruptos adotam para vencer as eleições.

Esse conteúdo ajudou você? Está precisando comprar um livro?  Clique AQUI e vá direto para Livraria do Âmbito Jurídico!

Após quatro anos sem um novo livro, o idealizador do projeto da Lei da Ficha Limpa, que também é um dos fundadores do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), assinou contrato para mais um título com a finalidade de mostrar as novas — e também conhecidas — técnicas de manipulações frequentemente utilizadas pelos governos.

Previsto para ser lançado ainda este ano pelo Grupo Editorial Coerência, “O Nobre Deputado 4.0” é o próximo livro de Márlon Reis, e por meio de uma narrativa ficcional, porém baseada em tudo que viu e ouviu na carreira política, ele se propõe a revelar os métodos que atualmente alimentam a corrupção no Brasil.

Sobre o autor
Márlon Jacinto Reis, (Pedro Afonso, Tocantins, 10 de dezembro de 1969), é um jurista, advogado e ex-magistrado brasileiro, relator da Lei da Ficha Limpa e idealizador da expressão “Ficha Limpa”.
Ganhou notoriedade como juiz de direito, cargo que ocupou até abril de 2016, e pelo combate à corrupção no Brasil. Foi o primeiro juiz a impor a candidatos a prefeito e a vereador que revelassem os nomes dos financiadores de suas respectivas campanhas antes da data da eleição. Em 2010 chegou a ser indicado pelo a Associação Brasileira dos Magistrados, Procuradores e Promotores Eleitorais (Abramppe) para ministro do Supremo Tribunal Federal (STF).
Reis é um dos fundadores do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE) Atualmente exerce advocacia em diversas áreas de atuação, com ênfase para o direito eleitoral, em defesa de diversos candidatos, agentes políticos e partidos políticos. [WIKIPÉDIA]

Rede social
Instagram: @marlonreisadv
http://www.marlonreis.net/

Esse conteúdo ajudou você? Está precisando comprar um livro?  Clique AQUI e vá direto para Livraria do Âmbito Jurídico!

Advogados opinam sobre os efeitos da nova cédula de…

De acordo com o Banco Central a decisão, aprovada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), é uma forma de a instituição agir preventivamente para a...
MariaEduarda
1 min read

Ex-ministro do TSE critica Fidelidade Partidária

Admar Gonzaga diz que existe uma conduta autoritária e excessiva dos partidos brasileiros O jurista, professor e ex-ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Admar Gonzaga Neto, defendeu...
MariaEduarda
2 min read

Novo marco legal do Saneamento: vantagens e desafios para…

Como objetivo de universalizar o saneamento básico no país, nova lei abre as portas para o setor privado Com a sansão do novo marco...
MariaEduarda
4 min read

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *