Nova ferramenta de estudo sobre o combate à criminalidade nas fronteiras do Mercosul

Você gostaria de escrever e publicar no Âmbito Jurídico? Clique aqui para se cadastrar.

Em 2021, as Forças Armadas brasileiras apreenderam 27,9 toneladas de drogas nas fronteiras do país em ações combinadas com órgãos municipais, estaduais e federais de Segurança Pública. O volume é 50% maior do que o registrado em 2020, quando 18,6 toneladas de entorpecentes foram apreendidas. O número positivo representa as possibilidades de resultados conquistados a partir da união de forças entre os agentes de combate ao crime.

Neste sentido, a obra coletiva Atlas do Sistema de Justiça Criminal do Mercosul, lançamento da editora Almedina Brasil, desponta como mais uma ferramenta de estudo sobre a repressão da criminalidade nas fronteiras. Com o objetivo de nivelar o conhecimento sobre o funcionamento dos sistemas de justiça criminal da Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai, a obra capacita policiais e demais personagens da segurança pública com informações essenciais para a atuação em territórios fronteiriços.

O livro apresenta as legislações vigentes e instituições competentes que lidam com a prevenção e repressão da criminalidade organizada, corrupção, lavagem de dinheiro, contrabando, descaminho, tráfico de drogas, de armas e de pessoas nos países vizinhos. Este conhecimento contribui para que as forças nacionais de segurança exerçam com confiança suas atividades em prol da defesa da soberania de cada nação.

Disponível em versão bilíngue (português e espanhol), a obra conta com a coordenação de Fábio Ramazzini Bechara, promotor de Justiça em São Paulo e professor de Direito na Universidade Presbiteriana Mackenzie, Leandro Piquet Carneiro, professor do Instituto de Relações Internacionais e pesquisador do Núcleo de Pesquisas em Políticas Públicas da USP, e Georgia Sanches Diogo, chefe da Assessoria Especial Internacional do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Ficha técnica

Captura de tela 2022 03 16 135015Livro: Atlas do Sistema de Justiça Criminal do Mercosul
Coordenadores: Fábio Ramazzini Bechara, Leandro Piquet Carneiro e Georgia Sanches Diogo
Editora: Almedina Brasil
ISBN: 9786556274133
Páginas: 380
Formato: 16 x 23 x 1,8
Preço: R$ 139,00
Onde encontrar: Almedina BrasilAmazon

Sobre a editora

Fundada em 1955, em Coimbra, a Almedina orgulha-se de publicar obras que contribuem para o pensamento crítico e a reflexão. Líder em edições jurídicas em Portugal, a editora publica títulos de Filosofia, Administração, Economia, Ciências Sociais e Humanas, Educação e Literatura. Em seu compromisso com a difusão do conhecimento, ela expande suas fronteiras além-mar e hoje traz ao público brasileiro livros sobre temas atuais, em sintonia com as necessidades de uma sociedade em constante mutação.

Você gostaria de escrever e publicar no Âmbito Jurídico? Clique aqui para se cadastrar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

LEITURAS RECOMENDADAS

A retenção de passaportes e os meios atípicos de execução

Você gostaria de escrever e publicar no Âmbito Jurídico? Clique aqui para se cadastrar. Atualmente, muito se discute sobre as medidas atípicas adotadas pelo Poder Judiciário com o objetivo de dar maior efetividade ao processo de execução por meio do

Dicas para fazer uma boa gestão de contratos

Você gostaria de escrever e publicar no Âmbito Jurídico? Clique aqui para se cadastrar. A gestão de contratos é o processo de gerenciamento que envolve a execução e a análise de contratos, a fim de maximizar o desempenho operacional e