Quais Tribunais aderiram à Portaria 79 do CNJ?

0

A Portaria 79 do CNJ foi disponibilizada no último dia 22/05 e tem como objetivo prorrogar os prazos de vigência das Resoluções 313, 314 e 318 para o dia 14 de Junho de 2020.

O ato é mais uma tentativa de conciliar as necessidades de isolamento social da Pandemia com a rotina do Poder Judiciário.

Acompanhando a decisão do Conselho Nacional de Justiça, diversos Tribunais do país publicaram atos prorrogando as suspensões dos prazos processuais para o dia 14 de Junho.

Com isso, muitos expedientes e prazos processuais foram alterados, o que pode trazer dúvidas a muitos advogados e profissionais do Direito.

Por essa razão, a equipe Legalcloud reuniu informações sobre alterações nos Tribunais relativas à Portaria 79 do CNJ.

 

O que diz a Portaria 79 do CNJ?

No dia 22/5, o CNJ disponibilizou a Portaria 79, prorrogando o prazo de vigência das Resoluções 313, 314 e 318.

O documento deixa claro que o prazo poderá ser ampliado ou reduzido por ato da Presidência do próprio CNJ, caso necessário.

Resumo sobre as Resoluções 313, 314 e 318

A Resolução 313 buscou uniformizar o funcionamento dos serviços judiciários e garantir o acesso à justiça neste período emergencial. A principal medida foi a suspensão de prazos do dia 20 de março ao dia 30 de abril de 2020.

A Resolução 314 do CNJ prorrogou a vigência da Resolução 313/20 para o dia 15 de maio de 2020 e estabeleceu que a suspensão dos prazos dos processos eletrônicos terminaria no dia 30 de abril. Os prazos processuais dos Processos Físicos permaneceram suspensos.

A Resolução nº 318 do CNJ prorrogou o prazo de vigência da Resolução 313 e 314. Além disso, suspendeu automaticamente os prazos prazos processuais em regiões do país onde fosse decretado o Lockdown. Possibilitou também a suspensão de prazos aos Tribunais tivessem a necessidade de suspender as atividades em virtude da Pandemia.

Quais Tribunais já aderiram expressamente à Portaria 79 do CNJ?

Dos Tribunais Regionais Federais, o TRF3 e o TRF5 prorrogaram os prazos de vigências das portarias anteriores.

Na lista dos Tribunais de Justiça, o TJAL, TJES, TJMA, TJMG, TJMS, TJMT, TJPA, TJPE, TJPI, TJPR, TJRJ, TJRS, TJSC, TJSE e TJSP prorrogaram o prazo de vigência do plantão extraordinário até 14 de junho de 2020.

Alguns TJ’s já aderiram expressamente à Portaria 79 do CNJ com algumas ressalvas. Por isso, é importante a checagem no site dos Tribunais.

Já na lista dos Tribunais Trabalhistas, o TRT3 aderiu à Portaria 79. Já o TRT1  publicou a notícia esclarecendo que, por enquanto, mantém a suspensão de prazos processuais até o dia 31 de maio de 2020.

Para saber melhor sobre as alterações em cada Tribunal, recomendamos que leia esse texto detalhado.

 

Está com dúvidas se os seus prazos mudaram?

A preocupação com a alteração inesperada de prazos é bem comum para muitos advogados, sobretudo no atual momento.

Isso porque as regras de contagem de prazos processuais podem não ser ainda tão claras para muitos profissionais, o que pode causar muitas dúvidas.

Muitos profissionais sentem dificuldade em encontrar publicações nos sites dos tribunais e, por essa razão, acabam perdendo a tranquilidade no trabalho e a qualidade.

Dessa maneira, aconselhamos que os advogados criem uma rotina de verificação de prazos muito disciplinada, estando sempre de olho no site dos Tribunais todos os dias.

No mais, o importante é que seja criada uma agenda de prazos segura. Com uma boa agenda e uma rotina de verificação de prazos, os riscos caem muito.

 

Cesar Orlando, CEO da Legalcloud

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais Aceitar Leia mais