Que tipo de conteúdo desenvolver em seu blog jurídico?

0

O blog é um canal de comunicação muito importante entre empresas e clientes, e até mesmo entre pessoas. Por meio dele, são publicados conteúdos sobre os mais variados assuntos para informar, entreter e educar as pessoas.

No meio jurídico, o uso das estratégias de marketing são restritas, devendo ser meramente informativas e educativas para o público-alvo. Com a internet, os advogados conquistaram uma nova possibilidade de se destacar e atrair novos clientes.

Isso acontece, porque o Marketing Digital traz outras possibilidades, dentre elas o Marketing de Conteúdo, que tem como missão informar e esclarecer as dúvidas do público referente a qualquer assunto.

Portanto, é uma prática que está totalmente dentro daquilo que é permitido pelo código de ética da OAB, e que pode ser bem aproveitado pelos profissionais da área jurídica.

O material criado para essa estratégia de marketing é veiculado nos blogs, por isso, é importante que esses profissionais também estejam por dentro da importância desse canal.

Por isso, neste artigo, vamos falar sobre o que é Marketing de Conteúdo, a importância dele para os escritórios de advocacia, dar dicas de conteúdos que podem ser abordados e como aumentar o engajamento.

O que é Marketing de Conteúdo?

Marketing de Conteúdo é uma das principais estratégias de Marketing Digital, tendo como objetivo atrair novos clientes por meio de conteúdos relevantes, que podem assumir diversos formatos, tais como:

  • Texto;
  • Vídeo;
  • E-book;
  • Infográfico.

Ele também não é focado em promover uma marca, mas sim, em atrair o seu público, oferecendo soluções para seus problemas, transformando a empresa em autoridade no que faz.

Dessa forma, se uma empresa de instalações elétricas prediais usa essa estratégia, ela consegue engajar seu público-alvo e fazer crescer sua rede de clientes e potenciais clientes, criando conteúdos valiosos e relevantes.

Quanto aos escritórios de advocacia, ao investirem nessa prática, conseguem atrair e envolver as pessoas, gerando valor e criando uma percepção positiva de seu trabalho.

Importância do Marketing de Conteúdo para a advocacia

Apesar dos advogados não terem a mesma liberdade para fazer marketing que outros profissionais, é importante que usem as estratégias que lhes são permitidas, uma vez que essa área de atuação também é bastante concorrida.

Antigamente, esses profissionais ficavam a mercê de indicações e, até mesmo, um reconhecimento familiar passado de geração a geração. Aqueles que não tinham parentes ou conhecidos, precisavam conquistar seu espaço com muito esforço.

Atualmente, por causa da internet, tudo mudou. Ela facilitou a vida desses profissionais de muitas maneiras, pois ajuda na comunicação entre eles e seu público, claro, sempre dentro das leis.

As pessoas estão em busca de informações a respeito de tudo, antes de contratar qualquer serviço ou comprar um produto. Por exemplo, se um síndico deseja trocar a administração de condomínios SP, vai recorrer à internet para se informar a respeito.

A mesma situação acontece quando alguém precisa se informar sobre assuntos relacionados aos seus direitos, procurando na internet informações que esclareçam suas dúvidas.

Lá, ela vai encontrar blogs e sites de escritórios que abordam as mais variadas pautas, uma prática que beneficia esses profissionais também, pois permite:

1 – Atrair pessoas

Os conteúdos relevantes aumentam o tráfego e a qualificação do site do escritório, isso porque além de atrair mais pessoas, atraem potenciais clientes qualificados para contratar o serviço.

Isso permite impactar pessoas que realmente precisam e tenham interesse em contratar serviços jurídicos. 

Além disso, ajuda o público a esclarecer suas dúvidas, pois muitas pessoas não compreendem o funcionamento das leis regentes.

2 – Fortalece o relacionamento

Manter os clientes bem informados é fundamental para fortalecer o relacionamento com eles. Isso é um fato que organizações de diversos setores, como uma empresa de demolição, entendem muito bem.

A concorrência em todos os setores é muito grande, o que expande as possibilidades para que os clientes procurem a concorrência.

A área jurídica também conta com inúmeras mudanças e atualizações, o que reforça a necessidade de manter a clientela bem informada quanto às movimentações legais, sendo esse um ponto a favor do escritório que investe em Marketing de Conteúdo.

Também é uma excelente oportunidade de interagir com o público, respondendo rapidamente suas perguntas e comentários.

3 – Transforma o escritório em referência

Criar uma presença on-line sólida e ter um bom relacionamento com o público são os principais objetivos dos negócios, seja uma empresa de içamento, uma loja de roupas ou um escritório.

Tudo isso é explicado pela necessidade de criar uma autoridade naquilo que se faz. Então, quando um advogado usa seus conhecimentos, as pessoas percebem que ele domina a área e se sentem mais seguras.

Portanto, o Marketing de Conteúdo se torna um diferencial competitivo para construir autoridade e colher os benefícios das estratégias. 

Dicas de conteúdos que podem ser abordados

Cada área de atuação possui uma especificidade, como trabalhista, civil e criminal, portanto, quanto aos temas abordados, fica a critério do advogado saber aquilo que mais interessa ao seu público.

De qualquer forma, alguns formatos de conteúdo atraem mais os clientes do que outros.

Alguns exemplos que podemos citar são:

Blog posts

Trata-se da forma mais tradicional de fazer conteúdo, podendo ser usado tanto por um escritório quanto por uma empresa de aluguel de andaimes. Por meio deles, o profissional consegue esclarecer as pautas de interesse de seu público.

Um bom exemplo seria o escritório falar sobre o que é LGPF (Lei Geral de Proteção de Dados), assunto muito em pauta no momento; ou então a exclusão de REFIS por falta de pagamentos de tributos; o que mudou com a Reforma Trabalhista, etc.

Esses conteúdos podem assumir diversos formatos, então é interessante que o escritório tenha uma rotina de publicação.

E-books

Os e-books se assemelham aos blog posts, mas é um material mais completo e que aborda de maneira mais aprofundada algum assunto.

Por exemplo, um post sobre política de privacidade de aplicativo para condomínio mostra os requisitos mínimos necessários.

O e-book, por sua vez, ensina um passo a passo para a criação dessa política, por que ela deve existir, entre outras informações.

Também é uma boa estratégia para a captação de leads (potenciais clientes) para o escritório, uma vez que eles podem ser disponibilizados mediante alguns dados, como e-mail e nome do usuário.

Postagem nas redes sociais

Apesar de ainda serem deixadas de lado pelos escritórios, as redes sociais são excelentes plataformas para compartilhamento de conteúdos.

No entanto, cada uma delas concentra um público diferente, o que exige atenção na hora de compartilhar, bem como escolher o conteúdo que será divulgado. 

Por exemplo, no Instagram, uma empresa de consultoria ambiental SP pode publicar imagens de locais adequados para construção. Já o Facebook e o LinkedIn são mais apropriados para os escritórios de advocacia.

Por meio deles, é possível compartilhar links que redirecionem o público para o site ou blog do escritório, o que também ajuda a aumentar o tráfego.

Como aumentar o engajamento?

Não basta criar um blog e começar a publicar nele, é preciso pensar em maneiras de engajar o público, pois sem engajamento, não há interesse e não é possível conhecer o público-alvo.

Dessa forma, é importante deixar, por exemplo, um espaço para comentários sobre as publicações. Não se esqueça, também é necessário responder a esses comentários o mais rápido possível.

Isso faz com que as pessoas percebam que o profissional está atento a elas e disposto a conversar sobre o assunto. Essa demonstração de interesse desperta o engajamento e estabelece uma troca importante para conquistar novos clientes.

Para isso, é preciso saber como se comunicar com o público, lembre-se que nem sempre esta é uma tarefa fácil para os advogados. 

Eles estão acostumados a usar uma linguagem mais formal, ao contrário do que acontece, por exemplo, entre os vendedores de uma fábrica de esquadrias de alumínio.

Dessa maneira, recomenda-se usar uma linguagem mais simples e de fácil compreensão, tanto nas publicações quanto nas respostas, pois os materiais são destinados ao público e não a outros profissionais da área.

As pessoas precisam entender a mensagem, para que, dessa forma, possam se sentir seguras e avaliar as possibilidades de contratar os serviços.

Conclusão

O Marketing de Conteúdo é uma estratégia poderosa para os advogados, pois é um dos caminhos permitidos para que possam divulgar seus serviços.

Essa estratégia tem se mostrado uma das mais importantes para qualquer tipo de empresa, uma vez que as pessoas buscam incessantemente por informações.

A área jurídica necessita compartilhar as leis que regem o país, para que as pessoas saibam quando contratar os serviços de um advogado. 

Por isso, o conhecimento por parte do público é processo fundamental na conquista de novos clientes.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais Aceitar Leia mais