Regras dos contratos de credenciamento de Planos de Saúde e de Telemedicina são tema de curso online do IBDSS, nos dias 18 e 19 de agosto

0

Até recentemente com uso restrito, a Telemedicina ganhou destaque com a publicação da Portaria 467 do governo federal que liberou, em caráter emergencial, o atendimento médico à distância por videoconferência, tanto no âmbito do SUS quanto na saúde suplementar e privada. Entretanto, a implantação às pressas desta metodologia gerou dúvidas jurídicas e contratuais que poderão ser sanadas no curso online “Revendo e Repensando os contratos de Credenciamento e de Telemedicina” promovido pelo IBDSS (Instituto de Direito da Saúde Suplementar).dias 18 e 19 de agosto de 2020, das 15h às 18h. As inscrições podem ser feitas por aqui https://www.sympla.com.br/ibdss-on-line-revendo-e-repensando-os-contratos-de-credenciamento-e-telemedicina__900828

Durante o curso, os profissionais também terão acessos às formas de contratação de rede indireta, das chamadas ACOs, das clínicas populares e da Telemedicina, bem como eventuais impactos da pandemia nos contratos em andamento. Também serão mostrados como muitos contratos estão em desconformidade com a Lei n. 13.003, de 2014, não atendendo de forma integral todos os requisitos das RNs. 363, 364 e 365, da ANS, com suas atualizações, e as alterações dos critérios para o fator de qualidade da RN n. 364.

“Um dos objetivos do curso é trazer um panorama geral sobre as normativas que regulam o exercício da Telemedicina no país e os reflexos jurídicos decorrentes as empresas e os profissionais da saúde”, diz Jose Luiz Toro da Silva, presidente do IBDSS e aplicador do curso.

Saiba mais:

José Luiz Toro da Silva. Advogado e Professor. Pós-graduado em Direito Comercial pela Universidade de São Paulo e Direito Empresarial pela Universidade Mackenzie. Pós-graduado na Fundação Getúlio Vargas/Ohio University, no curso MBA Internacional – Direito da Economia e da Empresa. Mestre em Direito Político e Econômico pela Universidade Mackenzie. Doutor em Direito pela FADISP. Membro efetivo da Comissão de Estudos sobre Planos de Saúde e Assistência Médica, da OAB/SP. Membro da World Association for Medical Law e da Associação Lusófona de Direito da Saúde. Professor convidado da Universidade de Coimbra. Sócio titular do escritório TORO ADVOGADOS ASSOCIADOS. Presidente do IBDSS – Instituto Brasileiro de Direito da Saúde Suplementar. Consultor Jurídico Nacional da UNIDAS – União Nacional das Instituições de Autogestão em Saúde. Autor de obras jurídicas. Participou do Seminário para Líderes e profissionais de saúde latino-americanos – Gestão de Saúde no Século XXI, na Harvard University.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais Aceitar Leia mais