Saiba como desenvolver ações de marketing jurídico com a sua equipe

um grupo de pessoas multinacionais ocupadas trabalhando no escritorio 146671 15680O marketing jurídico reúne todas as práticas permitidas aos advogados, que precisam respeitar algumas normas impostas pela OAB – Ordem dos Advogados do Brasil.

Eles são proibidos de fazer propaganda, mesmo assim, podem utilizar alguns recursos dentro de marketing digital que ajudam esses profissionais a conquistarem mais clientes e mais oportunidades.

Tais ações podem ser especialmente importantes para os que são novos no mercado e não têm alguns privilégios, como parentes e amigos que possam indicá-los para outras pessoas.

Antigamente, ficava difícil conquistar esse mercado que sempre foi concorrido, mas hoje, com o advento da internet, divulgar o trabalho de um advogado ficou muito mais fácil.

Além disso, estamos falando de recursos baratos e que não dependem de um alto investimento para funcionarem. Basta apenas saber como eles agem para colocá-los em prática.

Com isso, novas possibilidades surgem para os profissionais da área de Direito, sem ferir as normas impostas pela ordem dos advogados.

Pensando nisso, neste artigo, vamos falar sobre o que é Marketing Jurídico, sua importância e mostrar quais são as melhores estratégias para você colocar em prática. Então, se tem dúvidas sobre o assunto, acompanhe o texto até o final.

O que é Marketing Jurídico?

Marketing jurídico é uma estratégia de posicionamento para os advogados, que possibilita que eles mostrem as suas habilidades e conhecimentos. Com isso, conseguem atrair as pessoas certas.

É preciso considerar os escritórios de advocacia como um negócio, afinal, esses profissionais prestam serviços e se sustentam por meio dos honorários que recebem.

Em outras palavras, eles geram lucros assim como as empresa de terceirização de portaria. Portanto, dependem de estratégias de marketing para conquistar clientes e, assim, tornarem-se mais conhecidos.

Quando conquista um cliente, esse profissional mostra que possui os atributos necessários para auxiliar a pessoa. Para atraí-lo, usa uma abordagem que convence esse cliente a contratar os seus serviços.

Essa abordagem se traduz em publicidade informativa, educando o público por meio de artigos relevantes, dentro de uma estratégia conhecida como Marketing de Conteúdo.

É dessa forma que o profissional se torna uma referência naquilo que faz e conquista a atenção e o respeito de seu público-alvo.

Esse tipo de prática é permitida pelo Código da OAB, usando, inclusive, canais digitais como as redes sociais, sites e blogs, sempre de maneira moderada e sem focar na captação de clientes.

Portanto, o advogado não pode investir em marketing jurídico voltado a sua marca como escritório ou profissional, ou ainda divulgar os seus dados.

Contudo, gerando conteúdos meramente informativos e educacionais, consegue atrair a atenção do público e com isso aumentar suas oportunidades de negócio.

Importância do marketing jurídico

Hoje em dia, as pessoas pesquisam tudo o que precisam na internet, desde extintor de incêndio preço até serviços de advogado.

Por conta disso, o marketing digital se tornou o principal recurso para as empresas, e ele é bem diferente do marketing tradicional que conhecemos.

Ele é focado nos interesses das pessoas, por isso, uma de suas principais vertentes é o marketing de conteúdo, que permite a criação de material informativo acerca dos produtos e serviços.

É bastante usado pelos advogados por não ferir as normas impostas, e pode assumir formatos diferentes, tais como:

  • Vídeos;
  • Áudios;
  • Textos;
  • Infográficos.

É uma estratégia muito ampla e que traz muitas vantagens, como transmitir confiança para a audiência, uma vez que mostra que o profissional ou empresa entendem do assunto.

Por meio dela, uma fabricante de detector de fumaça, por exemplo, consegue mostrar seus pontos fortes e sua competência. Além disso, ela consegue fidelizar seus clientes atuais, o que traz mais segurança para o negócio.

Um advogado de confiança está sempre presente na vida de seus clientes, e a publicação de conteúdos é uma maneira de continuar mantendo-os por perto.

O marketing de conteúdo também é uma maneira de tirar um tempo para esclarecer as dúvidas das pessoas e levar informação relevante para elas.

Com isso, o profissional mostra sua autoridade, pois possui canais exclusivos que provam sua competência e domínio das leis que regem o país.

No fim das contas, ele aumenta a sua visibilidade e será lembrado toda vez que alguém precisar dos serviços que presta. Portanto, é uma maneira de fazer com que as pessoas prefiram você ao invés de outro profissional.

Só que para garantir todas essas vantagens, o advogado precisa ter as mesmas habilidades que uma empresa de locação de caminhão munck com cesto tem para fazer marketing, mas voltado ao setor jurídico. Vamos falar mais sobre isso a seguir.

Dicas de marketing jurídico

Para não desrespeitar o Código de Ética da OAB e conseguir fazer um bom trabalho em Marketing Jurídico é preciso seguir algumas estratégias, como:

Definir o público-alvo

É importante definir o público-alvo para saber qual o melhor jeito de se comunicar com ele. E conhecê-lo significa entender as suas dores, ou seja, o que lhe aflige, lhe incomoda ou aquilo que ele precisa resolver.

Os advogados não podem olhar apenas para as suas necessidades, mas também para as necessidades de seus futuros clientes. Quando isso acontece, um compreende melhor o outro e evita falhas na comunicação.

É o momento de olhar para o cliente e entregar aquilo que ele espera, podendo até mesmo ir um pouco além. Uma boa dica para entender o público-alvo é frequentar os mesmo grupos de discussão que ele.

Qual o objetivo da comunicação?

É importante entender o objetivo da comunicação para que as estratégias sejam direcionadas a ele. Se você não sabe aonde quer chegar, qualquer lugar serve, certo?

No entanto, se este não for o seu caso, sua comunicação terá uma finalidade e você saberá se o que está fazendo está certo ou errado.

Elaborar a mensagem

Saber quem é o público e qual o objetivo da comunicação é fundamental para que qualquer negócio, seja uma empresa de impermeabilização de caixas d’água ou um escritório de advocacia, saiba como elaborá-la.

No caso dos advogados, é importante frisar que qualquer tipo de propaganda está vetada, portanto, o foco é puramente fornecer conteúdo relevante e informativo para o público.

O objetivo é mostrar o conhecimento jurídico e construir autoridade em seu mercado de atuação. Entregando valor ao seu público você consegue conquistar a confiança dele, e algumas das melhores maneiras de se fazer isso são com:

  • Banners;
  • Vídeos;
  • Postagens temáticas;
  • Perguntas e respostas;
  • Postagens sobre temas do momento;

No primeiro caso,uma arte que pode conter uma mensagem atraente para o público. Nos vídeos, eles podem conter dicas jurídicas para a audiência e você pode gravar pelo celular.

As postagens temáticas são uma sequência com temas predefinidos que aumentam o engajamento da audiência. Quanto às perguntas e respostas, essa é uma maneira de estimular a interação e também construir confiança.

Nas postagens sobre temas do momento, você pode, por exemplo, criar postagens acerca de temas que estão em alta na sociedade e até os que aparecem em novelas, séries etc.

Independentemente de qual formato você escolher, use termos simples como os usados por uma empresa de montagem industrial. Você não está criando esses conteúdos para advogados, mas sim, para pessoas que possam se tornar clientes.

Escolher canais adequados

A internet oferece muitos canais para que os negócios se comuniquem com seus clientes, como sites, blogs e redes sociais.

É interessante analisar cada um deles para descobrir qual é mais usado pelo seu público. Isso porque aquele que deu certo para uma empresa de terraplanagem de terreno talvez não dê certo para você, pois os interesses das pessoas são diferentes.

Além de saber em qual canal o público está, é essencial se certificar de que você consegue administrar dois ou mais deles.

De qualquer forma, não podemos estar em todos os lugares ao mesmo tempo, principalmente se você for fazer todo o trabalho de marketing de seu escritório por conta própria. Tentar essa proeza pode causar angústia e estresse.

Se você decidir, por exemplo, trabalhar com o blog e com o Facebook, como no caso de um escritório que faça projetos de decoração, tenha em mente que ambos precisam ser bem administrados.

Passar um bom tempo sem alimentar o blog ou o perfil nas redes sociais pode causar a sensação de abandono e até mesmo de que seu escritório não atua mais no mercado.

Conclusão

Como você viu, investir na publicação de conteúdos para advogados é simples e requer dedicação para funcionar. Lembre-se de que, além de divulgar o seu trabalho dentro das normas, você ainda estará esclarecendo a sociedade.

Trata-se de uma estratégia que chega a ser nobre por responder às dúvidas das pessoas, sem que elas precisam te consultar. Entregando esse tipo de solução, com certeza você vai atrair muitas oportunidades de fazer novos clientes.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

 

Aumenta o numero de carros e também de acidentes

O movimento nas vendas O Brasil tem uma trajetória na compra de carros nas últimas décadas e sempre foi um povo apaixonado pelos carros...
MariaEduarda
2 min read

Como a gestão de contratos pode auxiliar as empresas…

O avanço da tecnologia propiciou o desenvolvimento de inúmeras ferramentas sofisticadas, capazes de auxiliar o trabalho das empresas. Entre elas, destaca-se o software de...
MariaEduarda
5 min read

Home Office: saiba como manter uma boa comunicação com…

A pandemia da Covid-19 exigiu que muitas empresas mudassem suas dinâmicas de trabalho, aderindo ao home office. Foi o caso, por exemplo, dos escritórios...
MariaEduarda
5 min read

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *