Solução aumenta produtividade jurídica com uso de inteligência artificial

AIJUS permite que departamentos jurídicos antecipem avaliação de processos judiciais e reduzam suas provisões

A Semantix, empresa brasileira referência em big data e inteligência artificial, está aumentando a produtividade de departamentos jurídicos. A partir de alguns modelos de predição, que integram análise de dados com o uso de inteligência artificial, o setor jurídico consegue antecipar possíveis consequências de uma carteira de processos judiciais e administrativos, predizendo possíveis resultados, riscos e identificando anomalias existentes na operação, bem como prevendo futuros gastos com ações em andamento.

Conhecida como AIJUS, o principal ganho com a solução é a redução do provisionamento com ações judiciais e administrativas. Isso permite que os departamentos jurídicos sejam capazes de prever a característica final dos processos, ou seja, se os processos serão procedentes ou improcedentes, levantando as possibilidades e valores, além de antever a propensão ao ajuizamento de novas demandas e dezenas de outras análises avançadas, baseadas em jurimetria, atuando, verdadeiramente, como uma solução Data-Driven Law.

O modelo preditivo é construído a partir da coleta de uma grande quantidade de dados de todos os tribunais e outras fontes. Em seguida, há uma integração com qualquer base jurídica existente, gerando um repositório de dados enriquecido e higienizado, permitindo a implementação do que há de mais avançado em tecnologia de machine learning.

“O principal benefício é a redução do tempo que o gestor jurídico gasta analisando processos”, afirma Vitor Saldanha, Head of Legal da Semantix. “O uso da inteligência artificial assegura a otimização do provisionamento para redução da contingência, além de automatizar o cadastro de processos, eliminando erros humanos”, avalia.

De acordo com dados do relatório Justiça em Números 2019, elaborado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) constavam mais de 90 milhões de processos tramitando no Judiciário brasileiro no ano de 2018 – sendo que mais de 80% deles estão concentrados no primeiro grau. “O ganho de eficiência com uso de soluções que otimizem o contencioso jurídico é muito grande, e existe uma demanda relevante do setor para essa adoção”, afirma Leonardo Santos, CEO da Semantix.

Uma pesquisa da AB2L (Associação Brasileira de Lawtechs e Legaltechs) mostrou que 62% dos departamentos jurídicos do país buscam serviços customizados de inovação tecnológica especializada. “Para quem atua na área, lidar com uma grande quantidade de dados e números financeiros aliados a prazos curtos de entrega é um grande desafio que pode ser superado com a ajuda de soluções inovadoras”, complementa Santos.

Sobre a Semantix

A Semantix é uma empresa referência em Big Data e Data Science, que desenvolve soluções no modelo Data Driven para as organizações de todos os setores da indústria, gerando insights para a tomada de decisões mais assertivas, otimizando os processos e aumentando a rentabilidade e satisfação do cliente. Fundada em 2010 no Brasil e hoje presente na América Latina, a Semantix fornece produtos e soluções com plataformas completas de Big Data e Inteligência Artificial.

Entenda mais sobre a importância de ter um blog…

Muitos escritórios de advocacia já possuem um site próprio para falar sobre os serviços oferecidos. Mas ter um blog é essencial para garantir maior...
MariaEduarda
5 min read

Negociação de Contratos de locação Comercial em razão da…

Mariana Hamar Valverde e Ana Beatriz Gregolin, sócia e advogada do Moreau Valverde Advogados Com o agravamento da crise advinda da pandemia do COVID...
MariaEduarda
2 min read

Efeito dominó do coronavírus atinge setor de propriedade industrial

O presidente do Grupo Marpa – Marcas, Patentes, Inovações e Gestão Tributária alerta sobre lentidão no sistema de registros do segmento que podem afetar...
MariaEduarda
1 min read

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *