CNH Suspensa e como recorrer: tire suas principais dúvidas sobre o assunto

0

A sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH) foi suspensa e você decidiu recorrer?

Ótimo. Defender-se das penalidades do trânsito é um direito seu e o recurso é o instrumento legal para tentar cancelar a suspensão do seu direito de dirigir.

A suspensão da CNH é uma das penalidades mais rígidas da legislação brasileira e, por isso mesmo, será preciso atenção para montar uma boa defesa e aumentar as suas chances de ter o recurso deferido pelas autoridades.

Pensando nisso, neste artigo, separei algumas das principais dúvidas sobre CNH suspensa e como recorrer.

Sugiro que você continue a leitura até o final e se informe antes de dar início ao processo de recurso!

CNH Suspensa: entenda o que significa essa penalidade

A Notificação de Autuação chegou ao seu endereço, informando que você poderá ser penalizado com a suspensão da CNH. O que isso significa? Significa que, se aplicada a penalidade, você permanecerá um período de tempo sem poder dirigir veículos.

A suspensão da CNH é, na prática, a perda temporária do seu direito de dirigir. Logo, durante todo o prazo de suspensão, você não poderá conduzir veículo automotores. Caso insistir em dirigir, poderá ter a sua CNH cassada – um problema ainda maior.

Você tem dúvidas sobre o que te fez receber essa notificação? Bem, segundo o art. 265 do CTB, a suspensão da CNH ocorre por dois motivos:

– pelo acúmulo de pontos

– ou pelo cometimento de uma infração autossuspensiva

Na Notificação de Autuação ou, ainda, verificando seus dados no site oficial no Detran do seu estado, você se informa sobre o que levou a essa penalidade. Mas, lembre-se: você só estará obrigado a entregar a CNH se esgotadas as possibilidades de defesa.

Sobre essas possibilidades, falaremos no próximo tópico. Veja!

Como recorrer da suspensão da CNH

E vamos à pergunta central deste artigo: o que fazer para recorrer da suspensão da CNH? Muito motoristas pensam que, por ser uma penalidade rígida, não é possível recorrer da suspensão. Mas é! As etapas são as seguintes:

1. Apresentando a sua Defesa Prévia

Lembra-se da Notificação de Autuação que você provavelmente recebeu em seu endereço? Nesse documento, há uma série de informações muito importantes, incluindo o prazo para apresentar a sua Defesa Prévia.

A defesa Prévia é a primeira etapa para tentar cancelar a aplicação da penalidade. Nela, você deve fazer uma defesa breve e pautada em aspectos práticos, como, por exemplo, se as informações do Auto de Infração estão todas corretas e completas.

Se a Defesa for aceita, a sua CNH não será suspensa. Caso não seja aceita, você deve passar à próxima etapa.

2. O recurso na JARI

A etapa 2 é o recurso em primeira instância, apresentado à Junta Administrativa de Recursos de Infração (JARI). Se você perdeu o prazo da Defesa ou deixou de apresentá-la por outra razão, pode iniciar o processo nesta segunda etapa, sem problemas.

O recurso na JARI pode ser um pouco mais aprofundado, com informações mais específicas sobre o seu caso em especial. O prazo para realizar esta etapa consta numa segunda notificação: a Notificação de Imposição de Penalidade (NIP).

Na NIP, você verá que já consta um código para que você realize o pagamento da multa. Você pode realizar esse pagamento ou esperar até que todo o seu processo de defesa seja finalizado para pagar o valor da multa.

O recurso na JARI foi aceito? Muito bem, a sua CNH não será suspensa. Foi negado? Então, passe à terceira etapa.

3. O recurso em segunda instância

Mais uma vez, é preciso que você realize este passo no prazo estipulado pelas autoridades e informado nas notificações que você recebe. O recurso em segunda instância deve ser muito bem elaborado, pautado na legislação vigente.

Para qual órgão você apresenta este recurso? Isso dependerá de qual órgão foi o responsável pela sua autuação. Você confere esse dado na Notificação de Autuação. Se o recurso for aceito, sua CNH não será suspensa.

CNH suspensa e como recorrer – Dúvidas frequentes

Já respondemos a muitas dúvidas sobre a suspensão da CNH e como recorrer. Há, ainda, outras duas que são comuns entre os condutores, sendo elas:

1 Onde entregar a CNH suspensa?

Se todas as suas possibilidades de defesa foram esgotadas, você deve entregar a sua CNH às autoridades. O endereço de entrega é informado na Notificação de Autuação, logo abaixo das informações sobre o que levou à aplicação dessa penalidade.

2 Qual é o novo limite de pontos com a Nova Lei?

A Lei 14.071/2020, conhecida como Nova Lei, alterou o limite de pontos permitidos na CNH. Quando o condutor ultrapassa esse limite, pode ser penalizado com a suspensão. Os limites, agora, dependem da quantidade de infrações gravíssimas cometidas:

– Limite de 40 pontos, quando o motorista não cometeu nenhuma infração gravíssima no último ano

– Limite de 30 pontos, quando o motorista cometeu uma única infração gravíssima no último ano

– 20 pontos, se o condutor cometeu duas ou mais infrações gravíssimas no último ano

Vale lembrar, também, que o limite de pontos será sempre 40, caso o motorista tenha o “Exerce Atividade Remunerada – EAR” constante na CNH.

 

Você quer atrair muitos clientes para o seu escritório e ganhar mais dinheiro?
Clique AQUI e participe gratuitamente da Semana do Marketing Jurídico!
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais Aceitar Leia mais