Webinar traz cinco dias de debates gratuitos sobre os oito anos do Código Florestal

Quer ficar atualizado das principais notícias da semana? Clique aqui para receber atualizações no seu e-mail!

O ex-ministro e ex-deputado federal, relator da Lei, Aldo Rebelo abre o evento online nesta segunda-feira, 25, ao lado da advogada Samanta Pineda

O que mudou no Brasil após oito anos da publicação do Código Florestal? Essa e outras questões serão debatidas de 25 a 29 de maio no Webinar, que terá como um dos participantes o ex-deputado federal e também relator da Lei 12.551, Aldo Rebelo, além de Evaristo de Miranda, chefe da Embrapa Territorial. O evento online é gratuito e foi idealizado pela advogada e especialista em Direito Ambiental, Samanta Pineda, junto com as suas sócias do escritório Pineda e Krahn. As inscrições podem ser feitas pelo WhatsApp (41) 99203-7833. As transmissões serão sempre às 19h.

Aldo Rebelo abre o Webinar na segunda-feira, 25, dia em que o novo Código Florestal completa oito anos. O ex-deputado federal irá falar sobre a intenção do legislador no código, intermediado por Samanta Pineda, às 19h. “Estou muito feliz de poder atuar num evento online como esse, em que teremos grandes nomes do meio discutindo essa Lei que é tão importante para o nosso país e que ainda tem tantos problemas para ser aplicada”, ressalta, a advogada, que também foi uma das colaboradoras do novo código.

Já no segundo dia de Webinar, 26, será a vez de Felipe Bueno de Moraes Azzem, gerente de Negócios Imobiliários e Minerários da Usina São Martinho, debatendo sobre o tema “Compensação da reserva legal. Solução Sustentável”, junto com a advogada Manoela Andrade. Na quarta-feira, 27, Carla Beck, assessora técnica de Meio Ambiente da Federação da Agricultura do Estado do Paraná (FAEP SENAR PARANÁ), irá falar sobre os impactos do código no campo, ao lado da advogada Luiza Furiatti.

O empresário rural Jovelino Mineiro, é o convidado da transmissão na quinta-feira, 28, para falar sobre o tema “Impactos do código no agronegócio”, intermediado pela advogada Maria Fernanda Messagi. O evento termina na sexta-feira, 29, com o chefe geral da Embrapa Territorial, Evaristo de Miranda e Manoela Andrade, debatendo sobre o CAR – problemas e soluções.

Serviço

Webinar – Oito anos do Código Florestal – de 25 a 29 de maio, às 19h

25 de maio – às 19h – Aldo Rebelo e Samanta Pineda – tema: “Código Florestal – a intenção do legislador”

26 de maio – Felipe Bueno de Moraes Azzem e Manoela Andrade – Tema: “Compensação da reserva legal. Solução Sustentável”

27 de maio – Carla Beck (FAEP) e Luiza Furiatti – Tema: “Impactos do código no campo”

28 de maio – Jovelino Mineiro e Maria Fernanda Messagi – Tema: “Impactos do código no agronegócio”

29 de maio – Evaristo de Miranda e Manoela Andrade – Tema: “O CAR, problemas e soluções”

Para fazer a inscrição envie o nome e e-mail pelo WhatsApp (41) 99203-7833.

O link para participação será enviado no dia do evento.

Samanta Pineda 1
Samanta Pineda
aldo rebelo
Aldo Rebelo
evaristo de miranda
Evaristo de Miranda
Quer ficar atualizado das principais notícias da semana? Clique aqui para receber atualizações no seu e-mail!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

LEITURAS RECOMENDADAS

Certidões negativas de feitos agora podem ser obtidas pelo site do MPT-RN

Quer ficar atualizado das principais notícias da semana? Clique aqui para receber atualizações no seu e-mail! Documento faz parte do rol de certidões exigidas para participação de processos licitatórios Natal (RN) 29/06/2022 – As certidões negativas de feitos emitidas pelo Ministério

Cassinos no Brasil: da origem aos dias atuais

Quer fazer cursos gratuitos na área do Direito? Clique aqui e receba atualizações sobre cursos e eventos gratuitos com especialistas em Direito no Brasil! Os cassinos no Brasil já foram sinônimo de luxo, poder e diversão. O até hoje famoso

Compliance para startups cresce, mas exige cuidados

Quer ficar atualizado das principais notícias da semana? Clique aqui para receber atualizações no seu e-mail! Especialista aponta caminhos para um desenvolvimento sólido A quem acredite que as práticas de Compliance devem ser atribuídas exclusivamente às grandes corporações e aos